Dedicatória

Este blog é dedicado, com muito carinho, aos meus queridos netos: Marina, Ida, Pablo, Tiago, Mai e Milan. E com idêntico carinho, aos meus não menos queridos filhos: Pedro, Djamila, David e Tiago. Á memória dos meus pais, os saudosos Eunice e Amilcar. Á Maria Dulce Almeida, a Dulce, a amiga de sempre. Aos meus queridos manos Rosarinho e Gui.

E naturalmente a tantos conhecidos e amigos, com uma referência muito especial aos meus amigos de peito: minha prima Maria Olívia Barbosa Mendes, Armindo G. Ferreira Júnior, Manuel Dias da Cunha Ribeiro, o conhecido Manecas ‘Cutá’, António Pedro Silva Almeida, João Armando Mascarenhas Araújo, Carlos Alberto Anahory, o ‘Bebeto’ para os bem íntimos e Mário José Sá Barbosa.

Para os mencionados e os muitos por mencionar, direi: enfim, Tatitataia tardou, mas chegou!

Anúncios

17 thoughts on “Dedicatória

  1. Caro GALVAS,
    É com muita amizade, orgulho e alguma emoção que te mandamos um grande abraço de felicitações e de encorajamento pela tua iniciativa! Numa altura das nossas vidas em que algumas velas da nossa geração já se começaram a extinguir, é com muita alegria que constatamos que ainda vai havendo entre nós quem ouse acender novas velas no altar da Memória e do TEMPO, esse tempo que é tudo o que é realmente nosso e sem o qual nada somos.
    Força Galvas, que nós também já estamos sentados à volta dessa grande fogueira de Djumbai que acabas de atear. E não te admires se outras fogueiras forem aparecendo, quais sinais de esperança na nossa noite…

    Pedro

  2. Meu caro tio,

    Cito o Roberto Shinyashiki para contextualizar este magnífico projeto “tudo o que um sonho precisa para ser realizado é alguém que acredite que ele possa ser realizado”. Efetivamente, para realizar grandes conquistas devemos não apenas agir, mas também sonhar, não apenas planear, mas também acreditar, pelo que creio, assim como o meu caro tio, que o projeto “Tatitataia”, que tardou, mas chegou, como humildemente refere, cumprirá a sua grande finalidade. Aguardarei com enorme expetativa os futuros episódios. LV

  3. Caro primo.
    Obrigado pelo envio deste email e felicito-te pela iniciativa de recordares amigos que foram uma referência do nosso Liceu Honório Barreto e, infelizmente, já partiram.
    Um forte abraço
    Gravata

  4. Ainda bem, meu caro! Esta tua forma de nos lembrarmos das nossas referências, não faz de ti um sonhador quiçá corajoso, porque disso, só a quem não te conhece, restam dúvidas. Bem hajas! Força! E cá estamos para confirmarmos contigo que “Para diante é que é caminho”. um abração.
    Zeca Correia(N`´Piki)

  5. Finalmente e após mudança de computador pude ler aquilo que escreveste. Felicito-te pela lembrança, memória e coragem. Já dizia o poeta, o homem sonha Deus quer e a obra nasce.
    Um abração do Bebeto

  6. João, foi com imensa emoção que tive conhecimento do teu/nosso blog. Estou segura que ele será uma forma de comunicação e de lembrança dos bons velhos tempos. A minha geração já se deleitava com as vossas histórias, as histórias dos que frequentaram antes de nós o tão querido de todos nós Liceu Honório Barreto. Espero que não somente ele será um elo de ligação entre os que aqui ainda estão, mas também servirá como referência à nova geração. Esta geração que não conhece Bissau e a Guiné da forma como a conhecemos.

  7. Estimado João,
    Muito obrigado por me teres enviado a informação sobre o site. Estou feliz por isso. Trata-se sem dúvida de uma iniciativa muito importante, tanto para a tua geração, as gerações de “alunos” que vos sucederam como para as actuais e futuras, pois é no passado que se alicerçam o presente e o futuro.
    Além da contribuição para a traçabilidade do perfil dos estudantes e jovens na Guiné-Bissau em diferentes épocas e a comunicação intergeracional, permite-nos hilariantes momentos de relaxe, essenciais a uma boa saúde…
    Irei concerteza divulgá-lo com todo o prazer e orgulho no seio dos colegas da minha geração e da malta jovem. Quiçá poderá arrastar outras iniciativas…
    Muitos parabéns e que Deus te dê longa vida, muita saúde e energia para continuares a brindar-nos e contagiar-nos com o humor e a alegria que sempre te caracterizaram e que sempre apreciamos…
    Abraço forte com a amizade de sempre.

    Bélita Garcia

    1. Joao Galvas,
      Fazes bem em ir avante com este teu magnifico projecto. Coloca toda confiança em ti e nos teus
      que tem boa vontade em ajudar para ver este sonho realizado.
      Um forte abraço
      Natalita

    1. Caro Cota Galvas, um homem sem história é um homem sem vida porque a vida é uma história.
      Com muito orgulho leio o teu blog e as tuas belas histórias do famoso Liceu Honório Barreto de Bissau
      No garandis di Guiné, terra precisa di bós cu di bó experiência.

      Homi ca ta moli

  8. João: Guineense que sou, como já sabes,e aluno do Liceu Honório Barreto,que também fui,no período compreendido entre 1962 e 1967,fiquei surpreendido ao encontrar este teu blog quando pesquisava sobre a vida e obra de Honório Barreto. Felicito-te pela criação e manutenção do mesmo e refiro-te “orgulhoso” que a cena do nosso Armandinho se passou na nossa turma do quarto ano e acrescento ainda este pormenor delicioso:quando o prof. Amaro arranca com o carro em direcção ao hospital com o nosso Armandinho “desmaiado” este ergueu-se no banco de trás acenando a
    toda a turma que olhava consternada ……Deixa-me perguntar porque razão este blog não contem fotos. Não é possível? Um grande abraço e votos de um bom Domingo.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s